top of page
Buscar
  • Foto do escritorDaniel Braz

Ataques de ransomware a indústrias aumentaram 87% em 2022.

De acordo com um levantamento da Dragos, empresa de segurança cibernética, os ataques de ransomware contra organizações industriais aumentaram 87% em 2022 em relação ao ano anterior. Conforme a pesquisa, a maioria dos softwares maliciosos foram direcionados ao setor de manufatura — áreas compostas por trabalho manual. O relatório descobriu que, no ano passado, hackers visaram indústrias de mineração na Austrália e na Nova Zelândia;

  • O foco se estendeu também para empresas de energia renovável nos EUA e União Europeia;

  • Uma nova ferramenta de malware foi identificada;

  • A pesquisa concluiu que invasores aumentaram e aceleraram ataques aos setores de energia, alimentos, água, eletricidade e gás natural.

Segundo a Bloomberg, que divulgou o estudo, o levantamento também descobriu haver uma ferramenta de hacking que pode interromper dezenas de milhares de sistemas que gerenciam a infraestrutura global de eletricidade, gasodutos e empresas de água.

Chamado de malware Pipedream, o recurso foi vinculado ao grupo de ameaças Chernovite e pode ser reutilizado contra alvos em diferentes setores, prejudicando uma ampla variedade de sistemas industriais.

3 visualizações0 comentário
bottom of page